domingo, 20 de junho de 2010

Só mais um copo minha cara...

Vamos lá, quem nunca pegou alguém depois de ter bebido algumas? ou você ganhou seu passaporte direto para o céu por ter feito o favor de pegar aquele tribufú ou você ERA ht mas entre um gole e outro você se entregou aos prazeres daquela que enchia o seu copo por pura maldade.

Como nem sempre é assim, e como nem sempre se está realmente tão bebada à ponto de tais atitudes, acabamos colocando a culpa toda no alcool. Afinal de contas, tudo culpa da bebida mesmo! haha

Então vamos lá, hoje então vou contar qual foi a culpa do alcool dessa vez na minha vida.

Reveillon de 2008, tudo corria bem, fui com minha familia passar em uma praia, foi ótimo mas como todo Reveillon, eu esqueço que o ano ta começando e não o mundo acabando e bebo bastante, como se fosse meu último dia hahaha enfim, como todos os outros anos esse não foi diferente e depois de beber muito acabei indo para uma festa gls que estava acontecendo em um bairro vizinho, cheguei e tinha uma mesa de frutas que ninguém nem chegava perto e que alias eu não sai de perto, parecia que não comia tinha dias, comi de tudo até o que eu não gosto, toda hora ia pra pixta e voltava pra mesa, pixta/mesa e por ai foi, em uma parte estava rolando um funk bem Rio de Janeiro mesmo e em outra ainda tinha um show de Drag, muitas lésbicas suadas e salgadas, ninguém mais estava de branco de tanta sujeira, nem eu estava de branco mais, era uma mistura de areia de praia com pulinhos no mar, frutas e bebidas, o meu cabelo gosto nem de lembrar, literalmente coloquei fogo na pixta e apaguei com ele, com o corpo e com a alma, se não bastasse ainda ficava gritando na frente do palco onde estava tendo o show drag 'MARAVILHOSA' 'PERFEITA', que péssimo!!! Andando pra lá e pra cá, da pixta para a mesa de frutas toda hora, encontrei uma menina que sério.. era a menina mais feia daquele lugar e já veio me oferecendo seu copo, eu sem noção nenhuma já fui aceitando, rindo para a sujeitinha e beijando, beijei, beijei, beijei, e hoje só lembro que ela era muito feia, porque nem o nome eu perguntei, fui pro funk, local alí super alto astral coisa fina, só eu de salto e mesmo assim porque não conseguia tirar ele do pé e provavelmente eu iria perder ele em algum canto, tive um momento apagão que não me lembro muito o que eu fiz ou o que fizeram, me lembro de um tempo depois eu sentada em um puf pegando outra menina, provavelmente irmã gemea da anterior ou alguma prima próxima, se bem que não tinha gente bonita mesmo, parecia que tinham aberto a porta do inferno, mas das feias eu com certeza peguei as duas mais feias, coisas que só o alcool faz com a gente, comecei meu ano já beijando a mais feia e depois a segunda mais feia, nada de pé direito né? Corro daquela região até hoje, nunca mais vi as sujeitinhas e ainda bem que não ví... o ano depois deu uma melhorada e no ano seguinte eu já fui pra um lugar melhorzinho, bebi pouco e fui embora cedo, nada de novas aventuras no mundo cruel das feiurinhas!


Bê.