sexta-feira, 21 de maio de 2010

O início


Ahhh o início... (Bê suspira)
Doce início eu diria, aquele em que você acha que aquela primeira vai ser para sempre e que não existe lá fora um mundo de lésbicas com suas unhas pintadas de vermelho, seu scarpan e blusa com listras horizontais, o início quando você gasta todo o seu dinheiro com conta de celular ou viagem para encontrar sua nova paixão: uma mulher que geralmente mora longe.
Geralmente (não sempre) você já teve uma paixãozinha antes por alguma menina, láááá quando você começou a se interessar (mas essa histórias vamos deixar para outra hora) então, depois de algum tempo (geralmente muito tempo) você acaba conhecendo pela internet uma menina... claro que você não estava procurando, HAMRAM! você geralmente não é a primeira para essa menina, a EXPERIENTE ou não! ela já teve experiência com outras garotas mas o papo entre vocês começa a tomar as madrugadas de ambas, coisas em comum etc e tal, então você começa a pensar muito nela, trocam sms e querem logo se encontrar, PIMBA... vocês estão apaixonadas, emails gigantes vão e vem, sms bombando e a conta de celular também... esse é um grande sinal, então vocês combinam, uma viaja a outra a recebe ou vice e versa... desde que estejam juntas, no início, no primeiro encontro é FATO aquelas buchechas vermelhinhas de vergonha mas depois tudo se resolve, vocês voltam pra casa namorando e sempre dizendo "nossa! parece que nos conhecemos há anos!" Sim, vocês realmente parecem que se conhecem há anos... e geralmente começam a namorar bem de comecinho, confirmando tal fato! Sua vida se torna a dela, a dela se torna a sua... você já não tem saco para os amiguenhos hetéros principalmente aqueles que ficam dando em cima de você, vocês tem planos de um dia se casar e já até imaginam a raça do cachorro... e por ai vai, dias e meses de amor eterno ou não!, mas como a carne é fraca logo uma de vocês vai ser atentada por uma lésbica linda que adora destruir esses casais eternos, como água mole em pedra dura, tanto bate até que fura papo mole em lésbica dura, tanto bate até que fura... uma de vocês acaba traindo e SE ARREPENDENDO é claro... mas ai já é tarde, e depois do primeiro término principalmente por um motivo desses, aquele amor eterno acabou, a que traiu se torna a errada para sempre, a que foi traída mesmo não tendo a intenção seeei! de descontar o chifre, acaba vendo o mundo de lésbicas de unhas pintadas de verm(...), e logo começa um papo no msn com outra... relacionamento acabado!

Depois do fim: Você já pegou a segunda, a terceira, a quarta... e percebe que essa vida de solteira é muito boa, mas... logo começa a perceber que essa vida cansa, então vem na sua mente como era bom namorar e acaba voltando com a falecida, rosas apenas no começo... sexo todos os dias (ou o tempo todo quando você viaja para encontrar com ela), juras de amor... perdão... e (aí que sono!) você começa a sentir tanta falta de quando era solteira e... relacionamento acabado! Depois da segunda vez se voltarem de novo já é safadeza!

Voltando a vida de solteira: Muitas mulheres esperando por você, boates, festas, amigas de amigas, então você começa a fechar o ciclo, pega a amiga, pega a amiga da amiga e assim por diante ou você resolve que ser lésbica é muito complicado e que ser hetéro é menos confuso.

Voltando a ser hetéro: Você se afasta de todas as amizades que fez no mundo gay, acha que se afastando deles vai ser mais fácil, as amigas bees ficam super chateadas e as lésbicas sentem saudade... mas claro que não dura muito, logo você vai parar pra pensar 'o que eu estou fazendo aqui?', e começa a sair de novo, as amigas bees tem vários baphos para contar e já querem te apresentar para uma lésbica que diz ser "sua cara!" e começa tudo de novo...

Os relacionamentos: Você vai e vem, sai de um... entra em outro, você diz que odeia pegação mas se aparecer uma gata você pega, sair da rotina de certinha faz bem... você namora 1 ano, namora 1 mes, pega 1 mês e não namora... começa a não pegar muitas meninas, já está de saco cheio das festinhas, passa um final de semana ou outro em casa, as vezes acha que está apaixonada... acha!

As exceções: Você vai se apaixonar de novo e vai parecer que está no começo, claro que vai virar rotina logo logo... mas quem não ama rotina quando ela é boa? Essa vai ser o amor da sua vida e você vai pensar que todas as outras foram pontes para você chegar até ela, e sim senhora... ela é o amor da sua vida e vocês vivem felizes para sempre!

As que não entram nas exceções: Ficam com as ex, namoram e terminam, amam e desamam... as mais bonitas são as mais populares e procuradas e tem dois tipos, a difícil e a fácil... depois que todo mundo pegou ela vai ficar batida, mesmo sendo bonita... se poucas conseguiram pegar ela vai ter sempre aqueles depoimentos no orkut, sms e etc... com cantadas e ela vai escolher quem ela quiser... algumas viram verdadeiras "caças iniciantes" (ou seja, uma nova geração de VOCÊ!) prontinhas para serem atacadas...

Os dias de hoje: nos dias de hoje a Lésbicalidade tomou conta da cidade, as novinhas descritas à cima quase não existem mais, elas já chegam iniciando-se pegando as ferozes que estão ali só pra 'fazer' ela, algumas se apaixonam e se decepcionam logo de cara... outras nem se apaixonam, já tem as amiguenhas que estão mais antenadas e contam tudo, ela na certa quer entrar pro mundo lésbico mas não vai se apaixonar no início... (há exceções!)


E você? teve algum desses comportamentos quando iniciou? conta pra gente amigs!

Um beijo geladinho com gostinho de Milk Shake de morango para vocês!

Bê.